Como escolher uma plataforma para treinamentos digitais?

Criar soluções digitais para empresas é o nosso principal movimento, assim como gerar impacto nos colaboradores através da aprendizagem. Por isso, acompanhamos a tendência de que 56% das empresas pensam em implantar uma plataforma para cursos online, migrar para aulas virtuais ou híbrido. Neste artigo, você vai descobrir como a plataforma online certa vai fazer a diferença na capacitação dos seus colaboradores e na sua organização. 

 As dúvidas sobre o assunto são muitas e o tema necessário. Por isso, a LIVE com RH falou sobre “Como escolher uma plataforma de treinamentos digitais”, na última quarta-feira (29), em nosso instagram. O bate-papo foi feito com grandes especialistas no tema educacional e tecnológico: Richard Vasconcelos, nosso CEO e Mestre em Tecnologias Educacionais pela Universidade de Oxford e Felipe Kinder, nosso CTO e Diretor de Tecnologia.




A plataforma para treinamentos digitais das empresas é bastante conhecida como LMS. Mas o que é um LMS? É um Sistema de Gestão da Aprendizagem para o ensino a distância corporativo, que oferece a hospedagem de conteúdo, monitoramento de atividades, interação entre os participantes e muitas outras funcionalidades. 

Com a popularização das ferramentas digitais e do treinamento online, já se perguntou se ele o LMS é tratado apenas como commoditie ou há salvação no mercado de tecnologia? São muitas plataformas, preços e inúmeras possibilidades.

 

Então, o que determina a escolha de uma plataforma? 
Separamos três dicas para você escolher a sua:


 

1. Considere custo x benefício

O seu orçamento precisa ser maior que o valor investido no LMS, pois você terá outros custos com o conteúdo da plataforma e professores, por exemplo. Então, como em um treinamento corporativo o propósito é estimular o conhecimento, considere o custo x benefício da plataforma que pretende escolher. Não escolha a mais cara, pois você precisa investir em conteúdo dentre outros.


2. Priorize relatórios e dashboard

A gestão completa da aprendizagem vai facilitar o acompanhamento de resultados e apoiar os seus colaboradores. Por isso, é necessário que os seus relatórios e painel principal sejam completos e ofereçam tudo o que a sua universidade corporativa precisa para cumprir com o objetivo de gerir a aprendizagem.


3. Busque experiência para o usuário

Para que o conteúdo seja aprendido, a usabilidade da plataforma precisa ser boa, intuitiva e interessante. A experiência começa desde o primeiro contato com o usuário. Isso envolve nossos sentidos e emoções. Para os interessados em UX, Felipe Kinder cita o livro Don't Make Me Think, escrito pelo autor e Programador de Computador Steve Krug, que traz a importância máxima da usabilidade. Afinal, o colaborador não tem que pensar onde vai encontrar a informação, mas ter um acesso intuitivo o suficiente para que a aprendizagem seja relevante e cumpra o seu propósito.

A plataforma é o meio, não o fim.
Richard Vasconcelos, CEO da LEO Learning Brasil
Então, pega essa dica: Não se prenda ao software. Muitas plataformas exigem que você se adapte a elas, mas deve ser o contrário. Na LEO Learning Brasil criamos o Smart LMS, uma plataforma nacional, que facilmente se adapta e pode ser customizada de acordo com a necessidade da empresa. Isso faz toda a diferença para entregar uma experiência memorável.
 
Plataforma, conteúdo e propósito

Mas será que entregar experiência online é realmente possível? Para que isso aconteça, é preciso relacionar à plataforma ao conteúdo oferecido. A experiência tem a ver com a conexão real entre as pessoas e o formato. Ou seja, a plataforma não é o único ponto que você deve se atentar.
 
A aprendizagem precisa ser boa para quem aprende, quem administra e para quem facilita também. E você pode adaptar as aulas em diferentes formatos para promover essa interatividade. Na LEO Learning, utilizamos uma trilha de conhecimento com diversos conteúdos em podcast, infográficos, webséries e outros. O objetivo é aumentar a retenção desse conteúdo.
 
Para um modelo de aprendizagem útil e eficaz, usamos o microlearning - Aquelas pequenas pílulas de conhecimento, em formatos de webséries e talks. Elas são feitas com base em casos reais, infográfico, podcast, animação, episódios diferentes. Utilizando o edutainment fala de modelo de aprendizagem. Precisamos gerar valor para além da tecnologia, pois é disso que o colaborador precisa. Não podemos esquecer que a tecnologia é apenas a ferramenta para o propósito, que vem de algo muito maior.

Confira a LIVE com RH completa:


http://youtube.com/leolearningbrasil

Liderando a sua Revolução
da Aprendizagem

(11) 2770-0137

Rio de Janeiro: Av. Jornalista Ricardo Marinho, 360
sala 301 | Barra da Tijuca

São Paulo: Rua Mateus Grou, 576 - Pinheiros, São Paulo